Home / Sistema PDV / O que Devemos prestar Atenção ao Comprar um Sistema PDV para Venda em Balcão?

O que Devemos prestar Atenção ao Comprar um Sistema PDV para Venda em Balcão?

O investimento em um sistema PDV para venda em balcão precisa ser bem pensado. Todas os fatores que envolvem esse negócio, como conhecer o material do estande, onde será colocado, são importantes na hora da escolha.

Com isso, a pesquisa do fabricante, do que será necessário para a composição do balcão, tem que ser feita com bastante critério. A atenção no material, na logo, cores e luzes que serão usadas, despertam o interesse do cliente.

Um sistema PDV para venda em balcão é planejado para ser funcional e prático. Tudo deve ser pensado para quem compra e quem trabalha.  Para isso, a atenção no orçamento e no tipo de negócio é fundamental.

Como escolher um sistema PDV para venda em balcão

Em primeiro lugar, você deve avaliar o seu tipo de negócio, sendo que  o software da Kikker é adequado para qualquer tipo de estabelecimento. Veja o perfil do público e a divulgação e exposição do produto.

Visto o tipo de empreendimento que será feito, chega o momento de escolher o fabricante do balcão e fazer o projeto de marketing e financeiro. Fazer um projeto com os elementos do PDV é ideal para mostrar o que deseja.

Com isso, crie com o fabricante o esboço, o layout do ponto, e peça o material adequado para o seu investimento. Há sistemas PDVs para venda em balcão podem ser feitos em alumínio, PVC, MDF.

O material escolhido leva em conta por quanto tempo o PDV será usado, que tipo de produto vai ser vendido, o lugar onde vai ficar, se terá contato com água e outros intempéries. Veja o que pode ter na composição do seu balcão.

Como compor o seu balcão para ser um PDV?

  • Material – Como foi dito, é importante ter a visão definida do produto e das relações de venda que serão feitos, para escolher a estrutura.
  • Medir o espaço – A metragem do local onde será colocado o estande é necessária para não se ter surpresas com falta de espaço.
  • Prateleiras e armários – O PDV pode ter prateleiras de exposição, armários para guardar o estoque e coisas pessoas dos funcionários.
  • A iluminação – O tempo de exposição do estande é crucial para definir lâmpadas e outras fontes elétricas que serão usadas, como refrigerador, cooler.
  • Testeira – Compor o PDV com uma testeira é bom para a divulgação, mas não deve atrapalhar as vendas, já que ela ocupa parte do balcão para ser instalada.
  • Balcão fixo ou desmontável – Caso o estande for temporário em um evento, ou espaço comercial, ser desmontável é mais prático. Mas se for fixo, materiais mais resistentes são mais oportunos.

Vale a pena investir nesse modelo de PDV?

Quem está por dentro dos empreendimentos com sistema PDV para venda em balcão, sabe que investir em um é uma opção que vem crescendo como fonte de renda.

Você pode ter a sua equipe de funcionários, ser seu próprio chefe e tocar o negócio sozinho. Com a Kikker, você pode gerenciar mais de um sistema de PDV, ter uma espécie de franquia de estandes lucrativos espalhados em vários espaços.

Portanto, com um projeto de mercado, esse empreendimento tem capacidade de ser bem rentável, sem precisar de tanta burocracia, ou gastos de uma loja comum. Sendo que esse sistema, também pode funcionar dentro de uma loja física.

A Kikker veio para facilitar, tornar ágil sistemas PDVs para venda em balcão e outros. Traga mais praticidade e controle para o seu empreendimento, de forma gratuita e mais segura pra você e para o seu cliente.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *